Guia para ser empreendedor e montar meu próprio negócio [ sem quebrar no primeiro ano]

 

Capítulos:

1- Para quem este artigo é

2- Para quem este artigo não é

3- Bons motivos para tornar-se empreendedor

4- Você tem um perfil de empreendedor?

5- Dicas fundamentais para ser um bom empreendedor

6- Que tipo de negócio devo montar

7- Como escolher a ideia de negócio ideal?

8- Onde buscar suporte?

9- Montar um negócio em casa

10- Será uma boa ideia empreender em 2016?

 

1- Para quem este artigo é

O empreendedor, em sua essência, é um sonhador que busca tornar real uma ideia transformadora, visando quebrar conceitos pré-estabelecidos e oferecer novos ares a um ambiente carente de criação. Imaginação, determinação, organização, habilidade de liderar pessoas, habilidade de conhecer tecnicamente etapas e processos são características que precisam fazer parte da vida de um empreendedor.

Apesar de tudo isso, ao decidir levar qualquer projeto adiante, um bom empreendedor deve partir do pressuposto que empreender é correr riscos, independente da área que irá atuar. Não existe negócio que seja cem por cento seguro. O grande desafio do empreendedor é conhecer os riscos ligados a cada modelo de negócio e procurar minimizá-los.

2- Para quem este artigo não é

Será que todo mundo tem perfil para ser empreendedor? Não, o empreendedor já possui características próprias que o destacam por natureza dos demais. Mas ser empreendedor também se constrói com aprendizagem e tentativa – erro – correção.

As pessoas pensam que ao empreender estarão livres de regras e horários, que irão viajar e tirar férias quando quiserem,que não precisam estudar, e ter simplesmente uma ideia, que serão donas do seu próprio tempo. Enganam-se. Empreender exige comprometimento, dedicação, renúncia e entrega.

A verdade é que quanto mais preparado e quanto maior o conhecimento adquirido, maiores são as suas chances de ter sucesso como empreendedor. Não se iluda com ganhos rápidos e fáceis, o sucesso acontece para quem se esforça dia após dia para alcançá-lo. Não adianta a melhor ideia do mundo, se você não fizer nada para coloca-la em prática. Todo esforço vale muito a pena, pois empreender exige muito disso, mas trás grandes recompensas pessoais e monetárias.

3- Bons motivos para tornar-se empreendedor

Há muitos bons motivos para abrir um próprio negócio. Se você pensa em empreender, os pontos fundamentais são os seguintes:

1. Conhecer-se. Entender o que o motiva e onde você quer chegar.

2. Gostar de desafios. Para ser empreendedor é essencial gostar de correr riscos, de desafios e superar obstáculos. Não há negócio 100%, portanto é preciso gostar de enfrentar desafios para ingressar nesse meio. Quem prefere um vida pacata e estável não deve se aventurar como empreendedor.

3. Ganhar resistência física e emocional. Antes de tudo, é importante ter algo em mente. Criar uma empresa do nada é algo que desgasta muito tanto a parte física como a emocional. Em compensação se ganha resistência para aprender a gerar resultados mesmo com tanta coisa contra você. Sem essa resistência é impossível sobreviver no mercado.

4. Sua chance de fazer o que quer. Não existe nada mais estimulante do que fazer o que você gosta. Nem todo mundo tem essa oportunidade. Quem investe em um negócio próprio é exceção. Em geral, o empresário tende a optar por uma atividade que domina ou para a qual tem uma forte inclinação. Adaptar as escolhas profissionais ao seu perfil é uma das principais vantagens de um empreendedor.

5. Flexibilidade de horários. Você pode escolher quais os melhores horários para executar as tarefas de seu negócio. Se você é mais produtivo à noite poderá dedicar-se mais ao trabalho nesse período, pois é você quem faz sua rotina.

6. Possibilidades de ganhos maiores. Se por um lado é ruim o fato de não ter um salário fixo, por outro essa realidade tem suas vantagens. Pois, se a empresa é bem organizada, sua renda poderá ser bem maior que a de um salário prefixado. Não ter limites pode significar voos mais altos.

7. Deixar a sua contribuição para a sociedade. Além de propor soluções em produtos e serviços, um empresário contribui com a sociedade de diversas formas. Saber que você está gerando emprego, estimulando a economia e criando novas oportunidades são pontos de motivação para quem quer mais do que ganhar dinheiro. Ou seja, para quem busca, também, a satisfação pessoal. E é possível ir além, se esse é seu caso: ações de responsabilidade sócio-ambiental são um bom caminho e promovem a imagem de seu negócio.

4. Você tem perfil de empreendedor?

A primeira questão que você deve responder quando estiver pensando em começar um negócio é: “Será que sou o tipo certo para a coisa?” Uma das dificuldades de conseguir atingir este objetivo é o simples fato de não saber como ser um empreendedor. Ora, por óbvio que pareça, para conseguir ser um empreendedor é preciso primeiro saber como, concorda?

Poucos conhecem o real significado de O Que É Empreendedor. Alguns confundem com empresário e outros acreditam que é apenas investir seus recursos em um negócio, estas colocações estão absolutamente erradas, na verdade, não passam nem perto do que é ser empreendedor.

Ser empreendedor é ser uma pessoa que se destaca das demais em razão de um conjunto, observe bem esta palavra – conjunto – englobando ideias inovadoras,administração, forma de por em prática, atitudes, reações, empatia e dezenas de outros atributos que, no final, tornam a pessoa um verdadeiro destaque da multidão.

Numa visão mais simplista, podemos entender como empreendedor aquele que inicia algo novo, que vê o que ninguém vê, significa, acima de tudo, ser um realizador que produz novas ideias através da congruência entre criatividade e imaginação, desenvolver de “dentro para fora” as características e atitudes, assim, irá externá – las e conseguir atingir o sucesso.

É necessário readaptar os hábitos e forma de visualizar as coisas. Fazer cursos e exercícios de coaching, por exemplo, é uma excelente forma de melhorar a autoconfiança. Tomar as “rédeas” da situação e encontrar a solução você mesmo, sem o auxílio de terceiros ou opiniões alheias também é importante. Treine

isso!

Com o objetivo de melhorar sua capacidade de observação, criação e concentração,você pode retirar 1 hora do seu dia para pensar em novos negócios ou até mesmo remodelar negócios já existentes, encontrando pontos que é possível inovar e fazer sucesso. Enfim, aquele que sai da área do sonho, do desejo, e parte para ação.

5. Características básicas de um empreendedor

Ser Empreendedor Natural x Empreendedor Desenvolvido

Frequentemente nos deparamos com um dilema. É possível me tornar um empreendedor ou é preciso “nascer com isso”?

Na verdade, nascer empreendedor é algo bastante relativo, já que uma pessoa não nasce empreendedora, mas sim com características do empreendedorismo, por isso, acreditamos que qualquer pessoa pode ser empreendedor de sucesso, desde que, é claro, desenvolva as características e habilidades certas.

Antes de tudo, devemos lembrar que todo bom empreendedor sabe exatamente como abrir um negócio, isso é fato!

Comprometimento

Esta característica envolve sacrifício pessoal, colaboração com os funcionários e esmero com os clientes. A atitude empreendedora aparece quando o empreendedor traz para si mesmo as responsabilidades sobre sucesso e fracasso, atua em conjunto com sua equipe para atingir os resultados, coloca o relacionamento com os clientes acima das necessidades de curto prazo.

Persistência

Desenvolve a habilidade de enfrentar obstáculos para alcançar o sucesso. O empreendedor não desiste

diante dos obstáculos, reavalia e insiste ou muda seus planos para superar objetivos, esforça-se além da média para atingir seus objetivos.

Exigência de Qualidade e Eficiência

Aqui aparece a disposição do empreendedor para fazer sempre mais e melhor. Ele tem a característica de melhorar continuamente seu negócio ou seus produtos, satisfaz e excede as expectativas dos clientes, cria procedimentos para cumprir prazos e padrões de qualidade.

Persuasão e Rede de Contactos

Engloba o uso de estratégia para influenciar e persuadir pessoas e se relacionar com pessoas chave, que possam ajudar a atingir os objetivos do seu negócio. Desse forma o empreendedor:

– Cria estratégias para conseguir apoio para seus projetos

– Obtém apoio de pessoas chave para seus objetivos

– Desenvolve redes de contatos e constrói bons relacionamentos comerciais

Independência e Autoconfiança

Desenvolve a autonomia para agir e manter sempre a confiança no sucesso. Um empreendedor que possui essas características:

– Confia em suas próprias opiniões mais do que nas dos outros

– É otimista e determinado, mesmo diante da oposição

– Transmite confiança na sua própria capacidade

Para receber o artigo completo, registe-se abaixo. Não lhe enviarei Spam nem cederei os seus dados a ninguém.

 

 

Renato Ferreira

Consultor de Empreendedorismo e Inbound Marketing

Fontes:

Material coligido a partir dos melhores websites e artigos da especialidade, entre eles (mas não só) o do Sebrae e o da Gazeta do povo, e adaptado e complementado pelo autor.

 

Para estar sempre atualizado com os melhores

conteúdos no seu email, cadastre-se aqui:

Não faço Spam nem cedo o seu contato a ninguém.

Leave Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

mautic is open source marketing automation